Instagram

Meio Desligado

Sobre o Meio Desligado

Música independente brasileira. Simples. Não é preciso um longo e pomposo texto para explicar isso. Talvez você queira ler o primeiro texto publicado por aqui para entender a proposta inicial. Ou talvez você devesse simplesmente saber que a experimentação de formatos e linguagens e uma cobertura aprofundada da cena musical independente, hipermidiática, conceitual, que busque a transmissão e construção de conhecimentos coletivos sobre toda uma cena e um mercado, além de sua relação com a tecnologia, é a base do Meio Desligado.

Na verdade, em vez de ler qualquer coisa que pudesse ser escrita para tentar descrever o Meio Desligado o melhor é explorá-lo, participar, pensar...

E, para ajudar a contextualizar, eis alguns prêmios e comentários recebidos:

  • Eleito pelo Yahoo! um dos 100 blogs mais relevantes em língua portuguesa
    • Representante exclusivo do Brasil na rede mundial Music Alliance Pact, que reúne blogs de cerca de 40 países especializados em música alternativa e realiza coletâneas mensais com artistas independentes de seus respectivos países, alcançando, juntos, mais de 2 milhões de acessos mensais. Para se ter uma ideia, o representante da Inglaterra no projeto é o jornal The Guardian, um dos maiores do país
    • Indicado ao Prêmio Conexões Tecnológicas do Instituto Sérgio Motta
    • "Podemos reclamar pela figura do critico “full time”. O jornalista Alexandre Matias é um exemplo de como pode ser essa figura do critico depois do fim das revistas. O seu Trabalho Sujo é genial. Mas, assim como na Rolling Stone nacional, por motivos opostos, a parte de grandes resenhas é a mais fraca do blog. É louvável a tentativa do Matias de contradizer a falácia de que a crítica na internet é superficial. Mas, pelo menos na minha opinião, nesses momentos ele passa do ponto em textos longos que acabam caindo em frases sem muito sentido (quando resolve fazer teses sobre o Lost, por exemplo). O fato é que não existe ainda uma geração de críticos 100% “da internet”. Mesmo o fenômeno Pitchforkmedia.com, por exemplo, ainda tem uma lógica muito de articulista de revista. Um representante mais à frente nessa transição, no Brasil, é o Marcelo Santiago, do Meiodesligado.com, com mais preocupação em experimentar o formato do que polir o conteúdo" (Rodrigo Ortega, editor da revista Billboard)
    • "O melhor blog de Minas" (Makely Ka, músico, poeta, produtor)
    • "O Pitchfork brasileiro" (um gringo disse isso, infelizmente não lembro seu nome)
    • "Um dos poucos blogs que sempre leio" (Fabrício Nobre, produtor cultural, ex-presidente da Abrafin - Associação Brasileira de Festivais Independentes)
    • Projeto suplente no edital nacional Prêmio de Mídias Livres, do Ministério da Cultura
    Sou Marcelo Santiago e edito o Meio Desligado, blog que criei aos 19 anos em 2006. Mineiro, jornalista pós-graduado em Produção em Mídias Digitais, especializado em Gestão e Desenvolvimento Cultural. Também estudei Design Gráfico. Criei meu primeiro blog em 2003 e desde então a internet é parte essencial da minha vida.

    Nos últimos anos fui curador em projetos do Ministério da Cultura, Funarte, Petrobras, Vivo e outras empresas, além de desenvolver e trabalhar em projetos culturais da Vivo, Natura, Claro e muitas (muitas mesmo!) ações independentes.

    Fui estagiário da Secretaria de Cultura de Minas Gerais, redator do site Cinema em Cena, organizador de conteúdo da Studio Sol, fundador do Instituto Cultural Fórceps e trabalhei na Casulo Cultura e na Cria Cultura, duas das principais produtoras culturais de BH, além de atuar no planejamento e desenvolvimento de ações digitais do Conexão Vivo e criar a revrbr, agência de comunicação digital, e a quente, produtora cultural e agência de bandas. Nesse meio tempo, dei palestras, fiz assessoria de imprensa/comunicação para artistas e festivais e trabalhei na elaboração/gestão/produção de projetos/shows/festivais pelo Brasil (Natura Musical, Feira Música Brasil, Eletronika, Pequenas Sessões, Itaú Cultural, Funarte, Flávio Renegado, Aline Calixto, Marcia Castro, Dibigode, Iconili, Lise, Escambo, Stereoteca, Santander Cultural e Skol Beats são alguns artistas/eventos/empresas com as quais trabalhei).


    Converse, Santander, Spoleto, Prêmio da Música Brasileira, Skol, Viraodisco, Slap Música e TicketBis são algumas das empresas que anunciaram e/ou desenvolveram ações junto ao Meio Desligado nos últimos anos.

    Para informações sobre valores e formatos de anúncios, assim como mídia kit e ações em conjunto, envie email para marcelo@meiodesligado.com