Pesquisar este blog

Carregando...

10 de novembro de 2014

Última edição da coletânea Cena Independente

Após 28 edições, a coletânea mensal Cena Independente chegou ao fim em setembro, apesar de só agora ser publicada por aqui. Ela era uma espécie de Music Alliance Pact, só que em escala nacional em vez de global: uma vez por mês, cada blog selecionava uma banda do seu Estado de origem e essa coletânea era publicada por todos os blogs participantes.

A Clara Cortêz, criadora da coletânea, fez um texto de despedida, que você lê abaixo. Ao fim do post está o player com as faixas desta última edição e os participantes da coletânea com as músicas escolhidas pelos mesmos.

A coletânea Cena Independente surgiu de uma inquietação. Daquela mesma indignação besta que você sente ao não ver seus favoritos numa lista massa de fim de ano daquele site/blog que você acompanha e respeita. De ver tanta coisa boa surgindo em lugares supostamente improváveis do país, mas sendo ignoradas por quem tinha mais poder de difundí-las. O que fazer, então? Fã de música que é fã de música vai à luta – mas não vai sozinho. A missão parecia complicada. Juntar um blog de cada estado do país que bancasse a tarefa de eleger uma vez por mês uma banda de sua cena local para produzir conteúdo e incluir uma faixa numa mixtape. A verdade é que nunca foi possível alcançar todos os lugares, o que é uma pena, mas uma turma muito boa, de todas as regiões do país e de todos os estados do nordeste e sudeste, abraçou a ideia. Ao longo de dois anos, procuramos apresentar e difundir o melhor da nova música nacional, contornando preconceitos e abrindo espaço do axé indie ao metal extremo. Mas o fato é que o tempo e o formato da coletânea acabaram engessando e desgastando sua produção. Encerramos aqui em sua edição nº 28. À todos que nos acompanharam e àqueles que construíram cada uma delas conosco, o nosso muito obrigada. Até a próxima.




Felipe Matheus Lima (Atividade FM)
“Fiver”, Rieg (PB)

Gabriel Ramos (Novo Rock Nacional)
“Zé”, Chá de Gim (GO)

Guilherme Guio (Road To Cydonia)
“Paixão Lunar”, Fernando Zorzal (ES)

Enio Vermelho Jr (Defenestrando)
“Overrated U", Heavy Metal Drama (PR)

Luciano Matos (El Cabong)
“NIVI”, Pastel de Miolos (BA)

Clara Cortêz (FUGA Underground)
“Saturday Night”, Talude (RN)

Fernando Lopes (Floga-se)
“Limbo”, Herod (SP)

Júlio Baros e Marvin Lima (202 Produções)
“Give Me Peace”, Neanderthais (PI)

Marcos Xi (RockInPress)
“Um Totem Do Amor Impossível”, Séculos Apaixonados (RJ)

Diego Albuquerque (Hominis Canidae/AltNewspapper)
“La Doce Morte (Horror Tales)”, Caos Sphere (PE)

Luiz R. (Sirva-se)
“Carinho Que Mora Logo Ali”, Alfabeto Numérico (AL)

Marcelo Santiago (Meio Desligado)
“Saudade”, minimalista (MG)

Fabio Gomes (Som do Norte)
“Sair Daqui”, Os Descordantes (AC)

Nenhum comentário :