Instagram

31 de janeiro de 2013

Coletânea Cena Independente de Janeiro



Primeira coletânea Cena Independente de 2013, desta vez com um "intruso" representando Minas Gerais: o pernambucano Kiko Klaus, residente em BH há anos.

Atualmente o projeto Cena Independente conta com 16 blogs de todas as regiões do país, mas ainda há bastante espaço para novos parceiros, principalmente das regiões norte e sul. Caso seu Estado não apareça na lista, entre em contato com os organizadores da coletânea: mixtape.cenaindependente@gmail.com

Leia sobre cada um dos artistas abaixo. Você pode ouvir todas as músicas no player no início do texto ou fazer o download gratuito da coletânea.


MINAS GERAIS: Meio Desligado
Kiko Klaus - O Samba Chora
mpb/samba
Pernambucano radicado em Minas Gerais, Kiko Klaus produziu premiadas trilhas para espetáculos de dança e trabalhou com artistas e grupos importantes, como Lenine, Nação Zumbi e os espanhóis Ojos de Brujo. Em meio à multiplicidade sonora apresentada em seu CD “Entre o Vivido e o Inventado”, "O Samba Cora" é uma das faixas mais simples e diretas, capaz de dominar o ouvinte logo à primeira audição. Enquanto não lança um novo álbum, Kiko tem se envolvido com algumas das principais bandas da cena alternativa de Belo Horizonte na atualidade, como Graveola e o Lixo Polifônico e Dibigode.
Para quem gosta de: Lenine, Orquestra Imperial, Graveola e o Lixo Polifônico


MARANHÃO: Shock Review
Phill Veras – Vício
alternativo
Phill Veras, cantor e compositor nascido no Maranhão, com apenas 21 anos, já é um nome que vem despontando no cenário musical nacional. Lançou seu primeiro disco, “Valsa e Vapor”, no segundo semestre de 2012, através do portal Musicoteca, e desde então, seu trabalho tem sido de grande destaque, ficando na lista dos 100 melhores álbuns brasileiros de 2012 (com download), em 13º lugar. Nesta lista estão nomes já consagrados, como Caetano Veloso, BNegão, Tulipa Ruiz, dentre outros. Também neste mesmo site, Phill Veras foi eleito uma das 10 revelações nacionais de 2012, juntamente com nomes como Clarcie Falcão, Cambriana e outras bandas que vieram repercutindo no cenário independente brasileiro de 2012. Atualmente, o cantor está apresentando o show do seu primeiro disco e paralelo as apresentações, já se encontra em estúdio, preparando o seu segundo trabalho, previsto para ser lançado ainda neste primeiro semestre de 2013.
Para quem gosta de: Caetano Veloso, Clare and the Reasons, Los Hermanos

BAHIA: El Cabong
Gepetto - Tentação
indie rock
Apesar do calor, do sol e de toda riqueza musical deporem ao contrário, Salvador já tem uma tradição de indie rock. Há um tempo, no entanto, não surgia uma nova banda com foco em sons mais melancólicos, carregada de atmosfera agridoce, com guitarras sujas e vocal desesperado fora do padrão. Em seu primeiro EP, a Gepetto traz um pouco disso tudo, mas é em "Tentação", com um clipe belíssimo, que a banda reforça nos tons mais cinzentos e com um falsete de cortar o coração.
Para quem gosta de: Radiohead e Muse

PARAÍBA: Atividade FM
Glue Trip – Elbow Pain
dub/chillwave/psicodélico
O duo Glue Trip, formado pelos guitarristas Lucas Moura (Monstro) e do Felipe Augusto (Rieg e Dalva Suada), volta às atividades musicais lançando neste mês de janeiro um novo single chamado, “Elbow Pain”. A música possui um clima de veraneio, sendo meio acústico e meio eletrica, estará presente no primeiro álbum do projeto que possui previsão de lançamento para este primeiro semestre de fevereiro.
Para quem gosta de: Peaking Lights, Clutch Hopkins, Omar Rodriguez Lopez

SÃO PAULO: Move That Jukebox
DESAMPA – Love?
alt. r&b / post-dubstep
DESAMPA é um misterioso artista – adivinha – paulistano, cuja identidade verdadeira ainda não foi relevada – ou descoberta. Enquanto isso, ele já divulgou duas canções desde o começo do ano. Deixando São Paulo ainda mais acinzentada, DESAMPA não poupa climas tensos e melancólicos, baseados basicamente em pianos e em sua voz, ora firme, ora falsetada. E a quase jamesblakeiana “Love?”, uma balada dark, que congela o coração mas aquece os ouvidos, é o cartão de visitas ideal dessa promessa interessantíssima de 2013.
Para quem gosta de: The Weeknd, James Blake, Bon Iver

RIO GRANDE DO NORTE: FUGA Underground
Orchestre Noire – Devil’s Haze
downtempo/trip hop/dark jazz/post-rock
A Orchestre Noire promete ser uma boa surpresa para a cena potiguar em 2013. A banda passeia por estilos pouco explorados, como o trip-hop e o dark-jazz, agradando particularmente aqueles que apreciam uma música suave, mas rica em detalhes e orquestrações. “Devil’s Haze” deve entrar no primeiro EP do grupo, “Grokar”, com lançamento previsto para março.
Para quem gosta de: Mogwai, Arms and Sleepers, bandas da Sinewave

ALAGOAS: Sirva-se
Callado – Island
indie/rock alternativo/shoegaze
“Eduardo Callado é um cantor e compositor brasileiro influenciado pelo rock alternativo e música pop”, é assim que ele mesmo se descreve em páginas onde disponibiliza sua música na internet. Frontman da banda indie Kaddish, Callado entrou de cabeça num outro trabalho e soltou no finzinho do ano passado o EP “The Three C Sessions” resultado de um verdadeiro caldeirão de influências, não só dele, mas também do produtor do material, Fernando Coelho que inclusive gravou alguns instrumentos no EP, como bateria, teclado e baixo.
Para quem gosta de: Bauhaus, The Cure, Joy Division

RIO DE JANEIRO: RockInPress
Salvador – Baleia
post-rock/instrumental/alternativo
Ainda pouco se sabe do que será o Salvador – banda carioca que surgiu dentro da melhor fase do instrumental/experimental no Rio de Janeiro. Formada por algumas figurinhas carimbadas em shows na cidade, a banda lançou uma prévia chamada “Baleia”, servindo de prelúdio para o vindouro EP “Fera Visher”, ainda sem data de lançamento. A faixa remete diretamente à bandas underground da década de 90, mas como é o único registro, não se sabe se será esse o som a permear todo o registro.
Para quem gosta de: American Football, Reverie Sound Revue, Estrela

PERNAMBUCO: AltNewspapper
Trio Eterno – Pra Começar
rock/alternativo/experimental
A Trio Eterno é uma banda formada por duas pessoas, dito isso pode até soar estranho o nome, mas o importante aqui é o som. Os dois membros deste projeto são velhos conhecidos da cena pernambucana (e até nacional), Felipe S é vocalista da banda Mombojó, André Édipo é músico que já tocou diversos artistas (China e Lulina, para citar alguns) e fez parte da boa fase da banda olindense Bomsucesso Samba Clube. No Trio Eterno, ambos dão vazão a sua produção exacerbada, seja Felipe com suas diversas letras, melodias criadas e engavetadas diariamente, e André, com suas composições musicais há muito feitas e não necessariamente aproveitadas em seus projetos (ou com artistas que ele tem parceria). Mas, não pensem com isso que o Trio Eterno é uma banda de sobras, diversas destas melodias e letras foram mexidas, adaptadas, refeitas e são realmente novas deste processo, que conta com a produção de Arthur Jolly. A inédita canção “Pra Começar”, vai como mais uma prova da qualidade do que virá no primeiro disco do grupo, que deve sair ainda em 2013.
Pra quem gosta de: artistas pernambucanos

Jonnata Doll & Os Garotos Solventes - Namorada Fantasma
punk-rock-new-wave
A cena rock de Fortaleza, pra quem não sabe, já foi muito movimentada. Como a maioria dos movimentos da cidade, eles nascem, crescem descontroladamente e vão sendo deixados no canto na mesma velocidade que surgiram. Mas há os resistentes, os que não têm medo (seja de andar a pé pelas ruas ou de fazer música paulada na orelha). Jonnata Doll & Os Garotos Solventes talvez seja uma das bandas mais importantes e ativas de Fortaleza. Jonnata, porta-voz da banda, é performático e despe-se [literalmente] de todas as convenções freak do cotidiano.
Para quem gosta de: New York Dolls, The Clash, Secos e Molhados

RIO GRANDE DO SUL: Ignes Elevanium
Rotten Filthy – The Hate Show
death/thrash metal
A banda Rotten Filthy se formou em 2006 em Cachoeira do Sul/RS, executando um excelente death/thrash mtal com claras influências do Sepultura e Pantera mas com uma pegada levemente mais técnica e tocado de forma absolutamente contagiante. A faixa escolhida faz parte do único lançamento oficial dos caras até a data, o EP “Empires Will Fall” e a banda encontra-se atualmente em processo de gravação de seu primeiro full-lenght. Banda extremamente promissora, que abriu pro Korplikaani ano passado e já faz vários shows pelo RS. Fiquemos de olho, que os caras são ótimos.
Para quem gosta de: Sepultura, Pantera, Slayer

MATO GROSSO: Factóide
Diholéx feat. MC Sabid0 - Nunca Deixe de Lutar
reggae/pop rock
A Diholéx é uma banda nova, mas que já teve um 2012 atribulado. Calcados no reggae e no pop rock, tem grande sintonia com o som que o pessoal mais novo gosta de ouvir. Nessa canção em especial, conta com a participação do MC Sabid0.
Para quem gosta de: Cone CREW, Diretoria, Planta & Raiz

PARANÁ: Defenestrando
Cadillac Dinossauros – And Lee Rock And Roll, Cantor Compositor Eletricista Encanador
samba de breque/samba-rock
Formada em Ponta Grossa em 2006, o Cadillac Dinossauros leva o nome do tradicional jogo que fazia sucesso entre a molecada em fliperamas. O nome bem-humorado já dá conta da extroversão do grupo, reiterada em agitadas músicas que misturam rock e funk. Uma das mais divertidas faixas deles, no entanto, é um samba de breque: “And Lee Rock And Roll, Cantor Compositor Eletricista Encanador” conta a história e homenageia um personagem verdadeiro, que vive em uma das maiores cidades do interior do Paraná.
Para quem gosta de: Moreira da Silva e Rolling Stones

24 de janeiro de 2013

Vencedores da promoção de vinis


Demorou, mas chegou a hora! Quem leva os vinis da Jennifer Lo-fi e Zebra Zebra são Fernando Bones e Marcelo Araújo.

Como demorei praticamente dois meses além do prazo inicial para divulgar os vencedores, eles também vão levar um CD de brinde. 

15 de janeiro de 2013

Tulipa Ruiz no Music Alliance Pact de Janeiro


Começando o ano com a parceria entre a Tulipa Ruiz e o SP Underground como a escolha brasileira para a coletânea MAP deste mês (download).

BRASIL: Meio Desligado
Tulipa Ruiz - Cada Voz
Uma das principais cantoras brasileiras da nova geração, Tulipa Ruiz tem recebido ótima resposta de público e crítica. "Cada voz" é a faixa que encerra seu segundo CD, Tudo Tanto, disponível para download gratuito no site de Tulipa (além de presença constante nas listas de melhores lançamentos de 2012), e conta com a base instrumental executada pelo SP Underground.
English version for international MAP readers and bloggers: Tulipa Ruiz is one of the major new Brazilian singers and is acclaimed by critics and the public alike. "Cada Voz" is the track that closes her second album Tudo Tanto, available for free download on her website, and has its instrumental performed by the experimental band São Paulo Underground.

ARGENTINA: Zonaindie
El Festival De Los Viajes is a psychedelic rock band with a sound that has an epic atmosphere and lyrics that play with your imagination. Los Altos is our favorite track from La Reserva De Los Lieros, their third album.

AUSTRALIA: Who The Bloody Hell Are They?
D.D Dumbo - Tropical Oceans
Oliver Hugh Perry is D.D Dumbo. Perry makes music from his house in Castlemaine, a small rural town 120km from Melbourne. Tropical Oceans is a perfect cue to his unique brand of technicolour lo-fi that spans genres, blues hooks, African folk - and a sound that no one else from anywhere is really making at the moment. Sometimes the best releases never receive as much credit as they deserve, and this is one of them. If music is supposed to make you feel goddamn otherworldly, 2013 is going to be a good year for D.D Dumbo.

  AUSTRIA: Walzerkönig  
Nowhere Train - Ashes
Nowhere Train is a project of seven folk musicians from different bands. After a train tour through the country and a documentary about it, the supergroup's first album, aptly named Station, recently saw the light of day. It was featured on national television and Austria's most popular website. Ashes, a song about a perfect moment, was written on tour by globetrotter Ian Fisher (Missouri/Berlin). 

CANADA: Quick Before It Melts  
Daniel Romano - Middle Child
Get out yer hankies, 'cuz this one's gonna make you ball like a baby. Daniel Romano's transformation into the reincarnated George Jones is now complete, right down to the leisure suit he wears on the cover of Come Cry With Me, his third solo album in as many years. The former Attack In Black frontman has become an impeccable storyteller, and this tale of an estranged son trying to make sense of the senseless will break your heart by the time he gets to the first chorus.

CHILE: Super 45
Motivado - Ferrer
For lack of a better label, the music of Motivado (Mario Martínez) could be classified as 'space Latin house'. After the praise he got for Bobby Fischer, his debut EP, Motivado delivered his second EP, Stasi, just as the past year ended and it exceeds what he accomplished on his first work. Yes, this is experimental music, but extremely danceable. Ferrer is one of three tracks on Stasi EP, a free download from the Discos Pegaos netlabel.

CHINA: Wooozy
Summer Fades Away - Thank You
Summer Fades Away is an instrumental/post-rock band from Changsha. They released their second album We Meet The Last Time, Then Departure through 1724 Records last November, which features more classical elements. Though the band announced they were going on hiatus, fans still hope they could be back soon to make more beautiful music.

DENMARK: All Scandinavian  
North Fall - Curve
Originally a one-man project by singer-songwriter and guitarist Anders Belling, North Fall turned into a full indie-rock 'n' alt-folk band in 2011 and released their first EP late last year, from which Curve is taken. The whole, excellent thing is yours to download on SoundCloud along with seven tracks from Belling's time as a lone rider.

DOMINICAN REPUBLIC: La Casetera  
Dkano - El Bolo Bolo
Rapper Dkano mocks the rise and fall of a fictitious dembow artist nicknamed Bolo Bolo, in reference to so many one-hit-wonders that this local genre produces, as opposed to true hip-hop. El Bolo Bolo is taken from Dkano's upcoming album Señales.

  ECUADOR: Plan Arteria  
Fabrikante - Chanteoma
Making songs only with the voice is a risk that can produce impressive results. Francisco Valdivieso, better known as Fabrikante, is an artist who uses the flexibility of his voice to create unique compositions based on a powerful beatbox and original vocal loops. Chanteoma is the first single from his debut album, which will be out early this year.

ENGLAND: The Guardian Music Blog  
Public Service Broadcasting - If War Should Come
Public Service Broadcasting is the operations name of one J Willgoose Esq and his cohort Wrigglesworth. Imagine the Pet Shop Boys if they were obsessed with the war. They're an electronic duo from London who use samples from old public information films, archive footage and propaganda material from WW2 and ally them to a variety of beats and backing from krautrock to drum 'n' bass. If War Should Come, from The War Room EP, is typical of their approach, with its found voices and sense of looming menace as the broadcaster warns of impending battle.

FINLAND: Glue  
The Fundamics - Role Of The Soul
Guitars, Rhodes piano, Hammond organ, dub vibes and rap merge to create some of the grooviest music. The Fundamics combine 70s funk and soul with straightforward 90s hip-hop plus the addition of some up-and-coming rappers. Role Of The Soul is an instrumental track from the band's forthcoming album We All Have Our Roots.

FRANCE: Yet You're Fired
Spiders Everywhere - Swing Loops
Spiders Everywhere are a young band whose members hail from France and Switzerland. They released their appropriately titled The First EP last May. With a sense of rhythm as precocious as it is unique, some catchy melodies and soft vocals, this is just what we'd like to hear more often on the French indie-pop scene.

GERMANY: Coltran  
Fraktus - Pogomania
Maybe Fraktus found the best way to jump on the bandwagon of krautrock and neo New German Wave: Say you were one of the most influential bands of that time and a founder of techno but were forgotten about; create a brilliant mockumentary in the style of This Is Spinal Tap and record a "comeback" album. Fraktus' Millenium Edition is in both senses contemporary. The influence of producer Erobique is clearly audible: deconstruction of common patterns, reconstruction to catchy and danceable songs which oscillate between all mentioned electronic music styles.

12 de janeiro de 2013

Conexão Brasil / Portugal

A partir de agora, todo dia 12 o Meio Desligado e o blog português BandCom publicam um projeto de intercâmbio cultural entre Brasil e Portugal. O Meio Desligado publica um artista português e o BandCom, um arista brasileiro nesse dia. Pra começar, o Meio Desligado indica a lista dos melhores lançamentos portugueses de 2012, com destaque para os três primeiros colocados na lista deles, que você pode ouvir abaixo.

Em primeiro lugar ficou o Black Bombaim, banda de stoner rock da cidade de Barcelos já indicada por aqui. Uma excelente surpresa foi a Throes + The Shine, que mistura rock alternativo e kuduro com resultados sensacionais em faixas como "Batida", "Tá maluca" e "Dança Bué". E pra fechar, um vídeo da Wraygunn

7 de janeiro de 2013

3 de janeiro de 2013

Iconili, uma das principais apostas para 2013, lança o EP "Tupi Novo Mundo"


Citações em veículos importantes como o jornal inglês The Guardian, show incluído na lista dos melhores do ano em blog do jornal O Globo e elogios de artistas do nível de Marcelo Camelo. Com apenas uma música lançada de sua nova formação, esse foi um resumo do ano de 2012 para a banda belo-horizontina Iconili, que no primeiro dia de 2013 lançou o EP Tupi Novo Mundo (o segundo de sua carreira, o primeiro da nova formação da banda, constituída ao longo de 2012 e que conta com 11 músicos). 

Disponível para audição no perfil da banda no Soundcloud (e abaixo), o EP será liberado para download no site da banda, www.iconili.com.br, a partir de 7 de Janeiro, segunda-feira. Gravado e produzido em Belo Horizonte por Thiago Correa e Henrique Matheus (ambos integrantes da banda Transmissor) junto do próprio Iconili e masterizado pelo pernambucano radicado em Minas Kiko Klaus, Tupi Novo Mundo é marcado por uma psicodelia tropical singular na qual estão inclusos afrobeat, jazz e ritmos regionais brasileiros. 


Apesar de geralmente ser ligada apenas ao afrobeat, a proposta da Iconili vai além, conforme explicam os integrantes da banda: “Afrobeat é algo além de um estilo musical, é um movimento que aconteceu em uma determinada condição social/cultural/política, nosso tempo é outro, nossa realidade é outra e sentimos que temos que falar das nossas questões e nossas origens. Temos várias influências, mais brasileiras, até. Elas são a terra do nosso chão, estamos interessados em trilhar um caminho nosso”. Nas 5 músicas de Tupi Novo Mundo, o caminho indicado ao ouvinte passa pelo conceito do EP, sobre “o resgate da vida natural em contrapartida ao vazio da vida urbana contemporânea, onde ser é ter”. 

Após shows em eventos e locais importantes como o Leblon Jazz Festival (RJ), Sesc Pompeia (SP), Circo Voador (RJ) e Parque Municipal de BH, dividir palco com Bixiga 70, Ed Motta, B Negão e de engatar uma residência com o guitarrista nigeriano Oghene Kologbo (ex-membro do Africa 70, lendária banda de Fela Kuti) que resultou em composições ainda inéditas, a banda se prepara para circular pelo Brasil e exterior nos próximos meses e lança, ainda em Janeiro, o clipe da música “O Rei de Tupanga”, single lançado no ano passado. 

Outro ponto interessante é o posicionamento da Iconili dentro da nova cena musical de BH. Além de ser uma das bandas que mais tem crescido na cidade, a Iconili está diretamente ligada a outros grupos locais, uma vez que seus 11 integrantes são membros e colaboradores das bandas Frito na Hora, Zimun, Fusile e Constantina, entre outras parcerias artísticas.

Ps: esse é basicamente o release que escrevi para a banda, se você encontrar esse mesmo texto por aí, é resultado dos jornalistas preguiçosos publicadores de release.

1 de janeiro de 2013

Melhores músicas de 2012 na escolha do Meio Desligado

Lista feita a pedido do ótimo blog Hominis Canidae para uma parceria deles com o pessoal do Coquetel  Molotov (responsáveis pelo festival de mesmo nome, um dos eventos musicais mais interessantes do Brasil), para o programa de rádio destes. Assim como todas as listas, é uma seleção limitada da grande produção nacional de 2012, mas que segue um recorte estético de acordo com o Meio Desligado e que reúne alguns dos principais "hits pessoais" (as músicas que mais ouvi) desse ano.


Abaixo, a lista completa enviada para eles, com nome do artista, "nome da música" e (nome do álbum).

  • Gui Amabis - "Menino horrível" (Trabalhos carnívoros)
  • Metá metá - "Man feriman" (MetaL MetaL)
  • Jair Naves - "Pronto pra morrer (o poder de uma mentira dita mil vezes)" (E você se sente numa cela escura, planejando a sua fuga, cavando o chão com as próprias unhas)
  • Sexy Fi - "Pequeno dicionário das ruas" (Nunca te vi de boa)
  • Leonardo Marques - "Linha do trem" (Dia e noite no mesmo céu)
  • Siba - "Brisa" (Avante)
  • Tulipa Ruiz - "Quando eu achar" (Tudo tanto)
  • Thiago Pethit - "Moon" (Estrela decadente)
  • Iconili - "O rei de tupanga" (single)
  • Abayomy Afrobeat Orquestra - "Afrodisíaco" (Abayomy)