Pesquisar este blog

Carregando...

12 de maio de 2013

Coletânea Cena Independente de Abril

A Cena Independente é uma coletânea mensal, inspirada no Music Alliance Pact, que busca apresentar aquilo que há de mais novo e relevante na música nacional através da curadoria de blogs especializados, cada um responsável por um Estado brasileiro. A mixtape é organizada pelo FUGA Underground e publicada a cada mês pelos blogs participantes. Faça o download da edição deste mês ou a escute no player mais abaixo.

BLOGS CURADORES
Atualmente o projeto conta com 16 blogs de todas as regiões do país, mas ainda há bastante espaço para novos parceiros, principalmente da região norte. Caso seu estado não apareça na lista, entre em contato conosco e ajude a disseminar a boa música nacional transformando o seu blog em mais um curador da coletânea.

norte

nordeste
ALAGOAS: Sirva-se BAHIA: El Cabong CEARÁ: Implosão Sonora MARANHÃO: Shock Review PARAÍBA: Atividade FM PERNAMBUCO: AltNewspapper PIAUÍ: UpTune RIO GRANDE DO NORTE: FUGA Underground

centro-oeste
GOIÁS: Alice Ilícita MATO GROSSO: Factóide

sudeste
MINAS GERAIS: Meio Desligado 
RIO DE JANEIRO: RockInPress 
SÃO PAULO: Move That Jukebox

sul
RIO GRANDE DO SUL: Ignes Elevanium


TRACKLIST
1 Talma&Gadelha – Em Nome do Amor [RIO GRANDE DO NORTE: FUGA Underground]
2 Nathalia Ferro – Instante [MARANHÃO: Shock Review]
3 Babi Jaques & Os Sicilianos – Hino a Ninkasi [PERNAMBUCO: AltNewspapper]
4 Astronauta Marinho – Fátima Raptada [CEARÁ: Implosão Sonora]
5 Baztian – Bright Nights [ALAGOAS: Sirva-se]
6 Esmalthes – Onde Esta o Lobo [MATO GROSSO: Factóide]
7 The Tamerlanes – Choke Up On Words [GOIÁS: Alice Ilícita]
8 The Gins - Revolution 9 (A.M.) [BAHIA: El Cabong]
9 Burro Morto – Baptista, O Maquinista [PARAÍBA: Atividade FM]
10 I N C A – Neblina [SÃO PAULO: Move That Jukebox]
11 Apollo – Taste Of Your Lips [RIO DE JANEIRO: RockInPress]


RIO GRANDE DO NORTE: FUGA Underground
Talma&Gadelha – Em Nome do Amor
rock
Depois do excelente “Matando o Amor” (2011), a banda mais querida por público e crítica no RN volta agora com material inédito. “Em Nome do Amor” é o primeiro single de “Maiô”, álbum que deve ser lançado no início de maio. Com letra de Luiz Gadelha e Andrea Martins, vocalista do Canto dos Malditos na Terra do Nunca, a música não deve decepcionar os fãs das boas letras e melodias do pop maduro do grupo. Ainda trilhando pelos mesmos caminhos do álbum anterior, “Em Nome do Amor” só aumenta a expectativa e a promessa por um dos bons álbuns nacionais do ano.
Para quem gosta de: Lulu Santos, Pato Fu, Ludov

MARANHÃO: Shock Review
Nathalia Ferro – Instante
alternativo/brega/rock/música latina
Após se consolidar no cenário musical maranhense, a cantora e compositora Nathalia Ferro, conhecida primeiramente por seu trabalho voltado ao reggae, inicia uma nova fase musical em sua carreira, com uma abordagem mais versátil, passeando desde o blues, brega, até o pop e o rock alternativo. Para pontuar com ênfase essa nova fase, surge o primeiro disco da cantora, intitulado “Instante”, registro o qual contém cinco faixas, gravadas no estúdio Andar de cima, sob a produção musical de Memel Nogueira e de Nathalia Ferro e banda. Instante é um apanhado de composições da cantora e de parcerias com outros compositores e interpretação de canções de outros compositores maranhenses. Contando com o trabalho dos músicos que formam a banda da cantora, João Simas (guitarra),
Marlon Silva (baixo), André Grolli (bateria), e com a participação de Dney Justino (teclados), o EP instante foi lançado recentemente em março de 2012, e é uma amostra do primeiro disco da cantora, previsto para ser lançado ainda esse ano.
Para quem gosta de: Otto, CEU, Tulipa Ruiz

PERNAMBUCO: AltNewspapper
Babi Jaques & Os Sicilianos – Hino a Ninkasi
rock/pop/blues
A banda pernambucana Babi Jaques & Os Sicilianos se autodenominam um grupo de mafiosos sicilianos que vivem em Nostrife, uma ilha fantástica no meio do rio Capibaribe. Além dessa historieta, o grupo também investe em vestimentas que condizem com tal realidade e nos remetem a personagens tirados de filmes do Don Corleone. O quarteto foi formado em 2009 e desde então já participou de diversos festivais e concursos pelo Brasil e agora se preparam para lançar o primeiro disco cheio, chamado “Coisa Nostra”. Em Hino a Ninkasi, toda e mistura adquirida pelo grupo em suas experiências pelo Brasil são refletidas em pouco menos que quatro minutos, bem como toda a teatralidade para formação do grupo. Bateria quebrada e bem amarrada, guitarras bem trabalhadas, baixo segurando a onda, teclados divertidos e a potente voz da Babi Jaques, que vez por outra também aparece fazendo percussões.
Para quem gosta de: Los Hermanos, Pato Fu e pop bem feito.

Astronauta Marinho – Fátima Raptada
rock experimental/instrumental
Astronauta Marinho já apareceu na Cena #8, mas o segundo e mais recente EP da banda - o “Fartozalê” - tá bonitão. O grupo aproveita das cores da cidade de Fortaleza, dos sons das ruas e dos botecos para construir a identidade sonora da banda.
Para quem gosta de: experimentações sonoras, Pata de Elefante

ALAGOAS: Sirva-se
Baztian – Bright Nights
indie/grunge/emo
Power trio maceioense influenciadíssimo pelo rock dos anos 90 passando pelo indie rock, os primórdios do emo e pegando umas pitadas de grunge. Lançaram recentemente seu primeiro EP “You Lovely Giant” e saíram em turnê por várias cidades do nordeste. Som coeso e muito bem encontrado, canções
em inglês ganham um tom mais emotivo na voz rouca de Caíque Guimarães que também toca guitarra, a bateria de Rodolfo Lima dita o ritmo e o baixo pesadão de Alcyr Vergetti preenche qualquer espaço que pudesse estar faltando na sonoridade dos caras. A resposta alagoana as várias bandas da SubPop e Dischord Records. A música escolhida pra coletânea é “Bright Nights”, a mesma do primeiro vídeo clipe da banda que você deve assistir porque ficou de primeira!
Para quem gosta de: Dinosaur Jr, Sunny Day Real Estate, Built to Spill

MATO GROSSO: Factóide
Esmalthes – Onde Esta o Lobo
rock/blues
As meninas de Cuiabá já tocam há algum tempo juntas, mas 2013 parece ser o ano em que elas fincam de vez sua bandeira na cena local. Acabaram de participar do festival Março Grosso e lançaram seu EP, que foi batizado com o nome da banda.
Para quem gosta de The Donnas, Sahara Hotnights, Concrete Blonde

GOIÁS: Alice Ilícita
The Tamerlanes – Choke Up on Words
rock
The Tamerlanes é uma banda Goiana que surgiu em 2011, o som dos caras é caracterizado por guitarras limpas, rápidas e com um baixo bem marcante. A musicalidade é influenciada pelo rock inglês bem como pelo indie e alternativo americano. Influenciados por de bandas como The Strokes, Arctic Monkeys, The Beatles, Oasis e Red Hot Chili Peppers. Particularmente acho que eles tem uma pegada bem post-punk.
Para quem gosta de: The Strokes, Arctic Monkeys, Oasis

BAHIA: El Cabong
The Gins - Revolution 9 (A.M.)
art rock/indie/garage rock/brit pop
Em seu primeiro EP, a banda The Gins, da cidade de Cruz das Almas, apresenta um trabalho já maduro, com diversas qualidades, mas com produção ainda com ajustes a serem feitos. Compreensível para uma primeira gravação de uma banda de pouco mais de 1 ano de formada. O resultado é, no entanto, animador. Com fortes influências do Beach Boys, com canções doces, corinhos, falsetes, cuidado com a harmonia e arranjos bem feitos, o grupo mostra um aperitivo do álbum que devem lançar ainda este ano. Em alguns trechos, e especialmente nos shows, aparece também uma forte referência do brit pop e dos sons garageiros dos anos 60. O grande mérito do grupo é fazer um rock com as doses certas de pop, com melodias doces, pegajosas, mas que guardam às vezes um certo tom melancólico. Cantado em inglês e com excelentes referências (note o sugestivo nome da música escolhida), é uma das boas novidades já surgidas em 2013 na Bahia.
Para quem gosta de: Beach Boys, Beatles, Kinks, Phil Spector, The Zombies, Oasis

PARAÍBA: Atividade FM
Burro Morto – Baptista, O Maquinista
rock-psicodélico/afrobeat
Criar, gerar novas experiências sonoras e sensoriais. Esse foi o objetivo de uma reunião com músicos paraibanos, que gerou a formação da Burro Morto. Com groove, funk, jazz e tropicália envoltos de uma atmosfera psicodélica, a banda já lançou dois EPs e o incrível disco Baptista Virou Máquina, que teve uma trilha visual homônima feita por Carlos Dowling para a narrativa que as composições formam.
Para quem gosta de: Macaco Bong e Hurtmold
Mais de Burro Morto no Myspace

SÃO PAULO: Move That Jukebox
I N C A – Neblina
future bass/ambient/trap
Esqueça, pelo menos por quatro minutos, guitarras, baixo, bateria e a métrica característica do rock e do pop. Com o I N C A, você não tem nada disso. Inclusive, não poderia ser mais diferente. Mas não saia correndo. Dê uma chance ao mundo de Danilo Soares, repleto de texturas frias e ambientações que evocam calmaria e um certo futurismo, com batidas sexy que ecoam pelo espaço e rápidas intervenções de recortes vocais indefinidos. O projeto soltou seu primeiro respiro no começo do ano. E em meados de abril, foi lançado o segundo single, chamado de “Neblina”. Mais apropriado, impossível.
Para quem gosta de: Flying Lotus, SANTS, Lakim

RIO DE JANEIRO: RockInPress
Apollo – Taste Of Your Lips
chill/deep/minimal
Apollo é uma dessas novidades inesperadas que, do nada, alcançam 60 mil views no Youtube (assista aqui). Julio Secchin dirige o clipe e a música tem produção de Leo Justi, juntando várias pontas de uma mesma cena numa só produção. Ainda não há informações sobre EP ou lançamentos posteriores, mas é ficar de olho neste trabalho tão interessante e tão contemporâneo à movimentação musical do estado atualmente.
Para quem gosta de: Secchin, People I Know, Opalla

baixe outras edições da coletânea

Nenhum comentário :