Instagram

11 de abril de 2012

Pós-debate no Sesc (everything is a remix, dicas de livros e considerações)

Eu e o Alex Antunes participamos de um debate no Sesc Araraquara no dia 31 de Março sobre o cenário da música independente no Brasil, gestão de carreiras e jornalismo musical que foi bem interessante. Aproveitando o papo que rolou (com pouco mais de 30 pessoas, um número bom para esse tipo de iniciativa), reúno aqui parte do conteúdo que indiquei durante o debate e destaco alguns pontos da conversa.

Everything is a remix: documentário sobre a cultura do remix e sua contextualização histórica. Aborda o caráter cíclico da cultura e como ela se mantém viva através de múltiplas apropriações de elementos previamente criados.



Cultura Livre - Como a grande mídia usa a tecnologia e a lei para bloquear a cultura e controlar a criatividade: livro básico pra se entender mais sobre propriedade intelectual e direitos autorais no mercado cultural.




Free - Grátis: o futuro dos preços: livro do mesmo autor do best seller A Cauda Longa. Já escrevi sobre ele aqui no Meio Desligado.



  • No Brasil, duas redes mais importantes envolvidas na produção cultural de forma coletiva e colaborativa são a Fora do Eixo e a iniciativa do Governo Federal dos Pontos de Cultura;
  • O "excedente cognitivo" resultante das tecnologias digitais e das redes sociais reflete-se também no meio musical, gerando discussões sobre a necessidade (ou não) de mediadores que filtrem a produção excessiva e apresente ao público em geral uma seleção realizada através de critérios subjetivos;
  • A troca de serviços e a gratuidade não devem ser vistos como uma forma abrir mão de remuneração, mas sim como um investimento e parte de uma estratégia na qual os serviços/produtos gratuitos façam parte de um modelo de negócios que seja sustentável no decorrer do tempo.

Nenhum comentário: