Pesquisar este blog

Carregando...

21 de junho de 2011

Mistureba: Soundcloud, Thiago Pethit e design sonoro

Soundcloud chega aos 5 milhões de usuários
A grande plataforma de publicação de arquivos de áudio Soundcloud recentemente alcançou a marca de 5 milhões de usuários em todo o planeta. Para comemorar, criaram um gráfico que apresenta alguns momentos relevantes de sua trajetória, como as adesões de artistas como Moby (fim de 2008), Foo Fighters (2010) e do ator (e investidor em tecnologias digitais) Ashton Kutcher (2011).



Aproveite para ver como é o escritório do Soundcloud na Alemanha.

Do jeito que o Thiago gosta
Vídeo-teaser de uma nova música do Thiago Pethit, ainda sem título definido (segundo o cantor, um dos nomes possíveis é esse que você leu acima), feito pelo fotógrafo especializado em moda Gianfranco Briceño. Em BH, quando fez o último show da programação do Conexão Vivo deste ano, Pethit encerrou sua bela apresentação com essa música.




O som aumenta a percepção positiva da marca
Artigo interessante no Webinsider sobre design sonoro. Leia um trecho:

"O som é uma linguagem universal, acima de todas as línguas e está presente nas nossas vidas o tempo todo, na sua maioria de forma inconsciente. Quando estamos em uma esquina barulhenta, por exemplo, fazemos de conta que o barulho não existe – enquanto ele, de fato, existe e nos afeta. 
Fisicamente, o som altera os batimentos cardíacos, a respiração e as ondas mentais. É como quando ouvimos o som do mar e relaxamos. Os ciclos das ondas do mar têm grande relação com o ciclo da respiração e por isso são muito familiares e reconfortantes. A música altera a estrutura molecular da água. Nosso corpo contém 77% de água. Assim é correto afirmar: a música tem o poder de atuar fisicamente na nossa saúde. 
Psicologicamente, a música é capaz de mudar o humor e interferir no estado emocional: provoca tristeza, alegria, irritação. A música pode mudar completamente a qualidade de nossos momentos e da nossa vida. 
Nosso poder de processamento auditivo nos permite escutar um som de cada vez. Assim, quando se está num escritório barulhento, o ruído excessivo pode causar danos à saúde e à produtividade das pessoas – esta chega a cair muito, cerca de 66%. Imagine o impacto disso para as empresas?"

2 comentários :