Pesquisar este blog

Carregando...

11 de maio de 2011

Site de lançamento do novo CD do Moby é uma aula...

... de como integrar mídias e chamar atenção para seu trabalho sem cair no mero preciosismo tecnológico.



O site especial dedicado ao álbum Destroyed integra georeferenciamento, fotos publicadas no Instagram e usa o SoundCloud como plataforma de áudio. O conceito gira em torno do processo de produção do CD, composto durante as madrugadas da última turnê de Moby pelo mundo (que incluiu shows no Brasil).

Enquanto o CD é tocado, pontos no mapa indicam fotos e comentários de Moby sobre as cidades em que tocou - Destroyed também será lançado como um livro. O público pode interagir enviando fotos feitas durante as madrugadas em suas cidades para o Instagram, com a tag #destroyed e indicação do local onde foram feitas, que posteriormente serão carregadas no mapa como pontos pretos (os pontos brancos indicam publicações do próprio Moby).

O resultado final é um potencial álbum digital, conceitual e colaborativo, no qual o artista gera a base inicial  e a participação externa contribui para estimular novas interpretações da obra. Além do experimento tecnológico, Destroyed também aparenta ser um bom álbum. Em uma rápida audição, ao menos 4 de suas 15 canções destacaram-se bastante, entre elas "Be the one", que você pode ouvir abaixo.


Outros experimentos interessantes (e já um pouco "antigos") e que podem servir como inspiração para outros artistas são o vídeo de "I've seen enough", do Cold War Kids, e o famoso projeto The Wilderness Downtown, feito para a música "We use to wait", do Arcade Fire (aka o U2 indie do futuro).

6 comentários :