Pesquisar este blog

Carregando...

11 de janeiro de 2011

Como usar o YouTube como seu player de música

Hoje em dia existem alguns bons serviços (gratuitos, inclusive) que permitem a hospedagem de arquivos de áudio e fornecem os códigos para que os players do áudio sejam incorporados em outros sites. Soundcloud e Official.Fm são bons exemplos, assim como o nacional TramaVirtual, que há algum tempo fornece o código "embed" das músicas hospedadas no site.

O problema é que o Soundcloud, por exemplo, possui limites em relação a duração dos arquivos enviados (no total, cada usuário do serviço em sua versão gratuita pode enviar duas horas de áudio) e a TramaVirtual é dedicada a artistas, caso você queira enviar entrevistas ou podcasts, não funcionaria.

Uma opção nesses casos é "hackear" o player do YouTube para utilizá-lo como um simples tocador de áudio. Algo bem simples, na verdade, e que é muito mais prático (e agradável de se ver) do que publicar o grande player de vídeo do YouTube com uma imagem estática ao fundo, fazendo uso apenas do áudio.

Pegue como exemplo essa música da banda Cartolas, "Cara de vilão".
A música foi colocada no YouTube acompanhada somente do que parece ser a capa do CD da banda, ou seja, está usando o YouTube basicamente como um player de áudio.

Pra adaptar o player a esse propósito a única coisa que precisa ser feita é alterar os valores de altura (height) no código para "25". Caso queira deixar o player mais compacto uma opção é reduzir a largura (width) também. Abaixo, coloquei a largura em "250".

object width="250" height="25">
embed src="http://www.youtube.com/v/9L2nX7AAl_g&rel=0&hl=pt_BR&feature=player_embedded&version=3" type="application/x-shockwave-flash" allowfullscreen="true" allowScriptAccess="always" width="250" height="25">(fiz algumas outras alterações pra que o código ficasse visível aqui)

E o resultado:


Essa é uma das soluções que usamos no Conector, assim como o Archive.org, que fornece o código de incorporação e já registra os arquivos em Creative Commons. O ideal é não se limitar ao que os sites e serviços online lhe fornecem como padrão e buscar alternativas que melhor atendam aos seus interesses.

A integração entre YouTube e música também é explorada por uma série de serviços online, alguns deles listados abaixo:

Nenhum comentário :