Pesquisar este blog

Carregando...

31 de dezembro de 2010

Vídeoclipes memoráveis de 2010

Nenhuma banda nacional na lista. Selecionei os vídeos abaixo para inspirar os realizadores brasileiros da área audiovisual. Assistir, analisar e refletir sobre os vídeos abaixo vale mais do que muita aula de cinema.

Obs.: Menção mais do que honrosa ao "The Wilderness downtown", do Arcade Fire, que também fez um ótimo vídeo com o Spike Jonze.

Klaxons - "Twin Flames"
Imagino que David Lynch dirigindo um filme pornográfico resultaria em algo próximo desse vídeo do Klaxons.

Foals - "Blue Blood"

As garotas acham fofo, mas para mim esse é um dos clipes mais tristes de 2010. Na verdade, é de partir o coração. Intenso e de alta qualidade, assim como álbum de que faz parte, Total Life Forever, segundo CD do Foals (um dos melhores que ouvi nos últimos tempos e que marca a banda como uma das mais promissoras de sua geração).

The Black Keys - "Next Girl" e "Tighten up" (Frank version)
 


 Geniais de tão simples, os dois vídeos do The Black Keys estrelados pelo dinossauro Frank são excelentes exemplos de como boas ideias superam grandes orçamentos. O diálogo com o espectador através das legendas (e a ironia das mesmas) é a grande sacada. Como se não bastasse, a banda e sua equipe ainda fizeram outro ótimo vídeo para "Tighten up", presente na maioria das listas de melhores vídeoclipes de 2010.
Ps.: precisa comentar que outro ponto alto do vídeo de "Next girl" são as várias mulheres tatuadas de biquini?

Kanye West - "Power"

Também conhecido como "maior ego da música pop atual", Kanye West pode não ter todo o talento que ele próprio imagina ter, mas provavelmente chega próximo a isso. Esse mesmo talento se reflete na escolha dos profissionais que o acompanham, como pode ser visto no vídeo de "Power" (aqui, nas versões oficial e do diretor), um dos mais impressionantes do ano.

Liars - "Scissor"
Traduzindo de forma fenomenal para o vídeo o clima das canções do Liars, o vídeo de "Scissor" é angustiante e claustrofóbico, mesmo sendo rodado ao ar livre. Esse é o "no future" de 2010.

HEALTH - "We Are Water"

Terror, no sentido mais profundo da palavra. Pesado (visual e musicalmente).

Miike Snow - "The Rabbit"

Não sei como explicar esse clipe do Miike Snow, mas com certeza daria um clássico da Sessão da Tarde se virasse filme.

M.I.A - "Born free"
Um dos vídeos mais polêmicos do ano, "Born free" é pracicamente um curta de ficção com trilha sonora da M.I.A e dirigido por Romain-Gavras, filho do famoso cineasta Costa-Gavras. Ps.: a base da história é praticamente um episódio de South Park.

Flying Lotus - "Kill Your Co-Workers"
Surreal. O nome diz tudo: "mate seus companheiros de trabalho". E no final vem a mensagem crucial: "com carinho".

  Holy Fuck - "Red Lights"

Pornografia e gatos estão entre os temas mais recorrentes na internet. Aqui, um exemplo do segundo tema.

Rainbow Arabia - "Holyday in Congo"
Integrante da leva de bandas que elevam a miscigenação a status cool, a Rainbow Arabia colocou um bando de sósias de Michael Jackson dançando pelo Rio de Janeiro em uma música que teoricamente seria sobre o Congo. Cada um tem o feriado que merece.

 Tame Impala - Lucidity 

Também conhecido como "o maior plágio audiovisual do ano", cópia descarada desse vídeo.

Esses e outros vídeoclipes de 2010 estão agrupados na lista que fiz no YouTube.

Um comentário :