31 de dezembro de 2010

Vídeoclipes memoráveis de 2010

Nenhuma banda nacional na lista. Selecionei os vídeos abaixo para inspirar os realizadores brasileiros da área audiovisual. Assistir, analisar e refletir sobre os vídeos abaixo vale mais do que muita aula de cinema.

Obs.: Menção mais do que honrosa ao "The Wilderness downtown", do Arcade Fire, que também fez um ótimo vídeo com o Spike Jonze.

Klaxons - "Twin Flames"
Imagino que David Lynch dirigindo um filme pornográfico resultaria em algo próximo desse vídeo do Klaxons.

Foals - "Blue Blood"

As garotas acham fofo, mas para mim esse é um dos clipes mais tristes de 2010. Na verdade, é de partir o coração. Intenso e de alta qualidade, assim como álbum de que faz parte, Total Life Forever, segundo CD do Foals (um dos melhores que ouvi nos últimos tempos e que marca a banda como uma das mais promissoras de sua geração).

The Black Keys - "Next Girl" e "Tighten up" (Frank version)
 


 Geniais de tão simples, os dois vídeos do The Black Keys estrelados pelo dinossauro Frank são excelentes exemplos de como boas ideias superam grandes orçamentos. O diálogo com o espectador através das legendas (e a ironia das mesmas) é a grande sacada. Como se não bastasse, a banda e sua equipe ainda fizeram outro ótimo vídeo para "Tighten up", presente na maioria das listas de melhores vídeoclipes de 2010.
Ps.: precisa comentar que outro ponto alto do vídeo de "Next girl" são as várias mulheres tatuadas de biquini?

Kanye West - "Power"

Também conhecido como "maior ego da música pop atual", Kanye West pode não ter todo o talento que ele próprio imagina ter, mas provavelmente chega próximo a isso. Esse mesmo talento se reflete na escolha dos profissionais que o acompanham, como pode ser visto no vídeo de "Power" (aqui, nas versões oficial e do diretor), um dos mais impressionantes do ano.

Liars - "Scissor"
Traduzindo de forma fenomenal para o vídeo o clima das canções do Liars, o vídeo de "Scissor" é angustiante e claustrofóbico, mesmo sendo rodado ao ar livre. Esse é o "no future" de 2010.

HEALTH - "We Are Water"

Terror, no sentido mais profundo da palavra. Pesado (visual e musicalmente).

Miike Snow - "The Rabbit"

Não sei como explicar esse clipe do Miike Snow, mas com certeza daria um clássico da Sessão da Tarde se virasse filme.

M.I.A - "Born free"
Um dos vídeos mais polêmicos do ano, "Born free" é pracicamente um curta de ficção com trilha sonora da M.I.A e dirigido por Romain-Gavras, filho do famoso cineasta Costa-Gavras. Ps.: a base da história é praticamente um episódio de South Park.

Flying Lotus - "Kill Your Co-Workers"
Surreal. O nome diz tudo: "mate seus companheiros de trabalho". E no final vem a mensagem crucial: "com carinho".

  Holy Fuck - "Red Lights"

Pornografia e gatos estão entre os temas mais recorrentes na internet. Aqui, um exemplo do segundo tema.

Rainbow Arabia - "Holyday in Congo"
Integrante da leva de bandas que elevam a miscigenação a status cool, a Rainbow Arabia colocou um bando de sósias de Michael Jackson dançando pelo Rio de Janeiro em uma música que teoricamente seria sobre o Congo. Cada um tem o feriado que merece.

 Tame Impala - Lucidity 

Também conhecido como "o maior plágio audiovisual do ano", cópia descarada desse vídeo.

Esses e outros vídeoclipes de 2010 estão agrupados na lista que fiz no YouTube.