Pesquisar este blog

Carregando...

18 de novembro de 2010

Festival Eletronika 2010 em BH: programação completa

TEATRO ALTEROSA

O programa EXPERIMENTA apresenta artistas que investem na vanguarda da experimentação sonora e visual, resgatando um compromisso de origem do Festival Eletronika – o Forum de Mídias Expandidas – de promover a pesquisa e apresentar novas possibilidades neste cruzamento de linguagens.
ABERTURA ELETRONIKA + VIVO ARTE.MOV

17 de novembro(quarta) – 20h30

Artificiel

19 de novembro(sexta) – 21h

O Grivo

20 de novembro(sábado) – 21h

FAQ

ESPAÇO CENTO E QUATRO

18 de novembro (quinta) – 21hs

“DA ÁFRICA PARA O BROOKLYN E SÃO PAULO”
TANLINES
HOLGER

Dia 19 de novembro (sexta)

Wilson Sukorski (SP)
Showcase Serrassônica
OscilloID
Iconili
Rogermoore

Dia 20 de novembro (sábado)

Cumbiatronica: uma viagem latinoamericana pela novas apropriações das músicas populares para dançar.
As pistas de dança mais antenadas do planeta estão abrindo cada vez mais espaço para a música das periferias do mundo, como aconteceu com o funk carioca e o kuduro angolano.  Agora é a vez da Cumbia. O programa desta noite, com fortíssima influência da cumbia em suas mais diversas manifestações, apresenta uma viagem pelo continente que se inicia ao norte do Brasil, passa pela periferia de Buenos Aires e vai de Buenos Aires e Santiago até o México.
Patricktor4 (Belém)
Zizek Records apresenta Villa Diamante (Arg) e Fauna (Arg)
Cómeme apresenta Vicente Sanfuentes (CH) e Rebolledo (MEX)

CICLO DE ENCONTROS: Biblioteca Pública

18 de novembro – 10h às 13h

MESA 1: Encontro AmerICAS – construindo um network nas Américas
Taïca Replansky (Mutek – Canadá)
Malcolm Levy (festival New Forms – Vancouver)
Damiam Romero (Mutek – México DF)
Pablo del Bosco – (Mutek ARG)
Mediador – Marcos Boffa (Eletronika Fest – Belo Horizonte)
Objetivo: apresentar os programas e atividades da rede ICAS, e discutir as perspectivas de criação de um network internacional para o desenvolvimento da cultura/arte eletrônica e as possibilidades de um trabalho colaborativo nas Américas. Interessados em apresentar propostas ou discutir questões devem fazer pré-inscrição pelo site.

19 de novembro – 10h às 13h

MESA 2: Festival como Laboratório: a plataforma ECAS 2011 e experiências brasileiras.
Olof van Widen (ND – Today’s Arts)
Andre Mintz (BH – Marginalia Lab)
Lucas Bambozzi (SP – Vivo arte.mov)
Objetivo: apresentar e discutir o tema central proposto pelo ECAS (European Cities for Advanced Sounds) para seu programa 2011 que irá perpassar a temática de diversos festivais associados a este network. Também faz parte do objetivo discutir experiências brasileiras que fazem eco ao tema e levantar a importância da ideia de obra em processo como um elemento que conceitue os festivais como espaços de experimentação.

Nenhum comentário :