Pesquisar este blog

Carregando...

16 de outubro de 2009

Muito mais que hardcore

No início desta década a maior parte do meu dinheiro era gasta em CDs e revistas em quadrinhos. Eu usava uma conexão discada de internet (como a maioria dos brasileiros na época) e os CDs no formato físico ainda eram minha principal forma de contato com a música, apesar de já baixar muita coisa. A maioria dos meus CDs eram comprados pela internet, no Submarino, Americanas e, principalmente, na Velvet CDS, que sempre tinha bom material em promoções à R$ 10 (hoje em dia os CDs em promoção custam R$ 18, R$ 20, praticamente o preço normal de um CD em 2000). Na época, meu problema era encontrar CDs das bandas de rock alternativas brasileiras e bandas estrangeiras mais pesadas e também alternativas.

Na Galeria de Praça 7, também conhecida como Galeria do Rock, no centro de Belo Horizonte, passei a encontrar soluções para o problema. No terceiro e último andar da galeria estavam (e provavelmente continuam) agrupadas várias lojas dedicadas à cultura rocker, vendendo não somente CDs mas também roupas e acessórios. A maior parte dessas lojas era mais voltada para o heavy metal e classic rock, mas sempre dava pra encontrar muitos CDs legais, como a discografia completa do Faith No More com cada CD (usado, mas em bom estado) por R$ 10 (e que, obviamente, comprei), bootlegs do Pearl Jam, entre outros.

E lá no cantinho, espremida entre lojas decoradas com cuturnos, muita tachinha prateada e couro estilo Judas Priest, estava a "loja do hardcore", como eu e amigos a conhecíamos na época (um pouco depois ela passou a ser chamada por nós de "a loja da mina gatinha e do bombado hardcore", rs). É provável que eu só tenha passado a usar o real nome da loja depois de pegar um adesivo que destacava seu nome: 53HC.

Mesmo não comprando muitos CDs na 53 (que tem esse nome por causa do número da loja), ela passou a ser uma referência de hardcore não somente para mim, mas para grande parte das pessoas interessadas no gênero em BH. Além da variedade de CDs, era na 53 que sempre estavam à venda ingressos para a maioria dos shows de rock alternativo da cidade e um lugar certeiro para encontrar os flyers dos shows de punk/rock/hardcore na cidade.

Agora, 10 anos após sua criação e cerca de 8 anos desde nosso primeiro contato, é interessante e gratificante perceber a ampliação de suas ações, tanto em termos de alcance de público como abrangência musical. Afinal, quem, em sã consciência, poderia imaginar que um dia veríamos uma (muito boa, aliás) banda de trip hop como a estadunidense Zigmat ou a soul music swingada da belorizontina Black Sonora em um festival da 53HC?

Quem acompanha as ações da loja, selo, distribuidora e produtora que se tornou a 53 HC há alguns anos sabe dessa ampliação em relação aos estilos das bandas selecionadas para seus eventos, algo que só tem a acrescentar em sua trajetória e é mais do que benéfico ao público, que passa a ter acesso a diversificadas manifestações musicais.

Essa transformação/evolução da 53HC é celebrada de forma especial a partir de hoje, dia 16, através da realização do 53 HC Festival 2009, que continua nos dias 17, 24 e 30 de outubro no Lapa Multshow, BH. Ao todo serão 26 shows, sendo 13 deles neste final de semana, apresentando bandas tão distintas quanto Mundo Livre S/A e Ratos de Porão.

Em vez de expor minha opinião e apresentar quais seriam os destaque da programação do meu ponto de vista, prefiro aconselhar todos a se abrir às possibilidades, ouvir as bandas na internet antes de ir ao festival e definir suas próprias prioridades dentro da escalação disponível. Nunca se baseie somente no que os jornalistas dizem, eles são um bando de idiotas.


Serviço
53HC FEST 2009
Horário: 20h
Local: Lapa Multishow (Rua Alvares Maciel 312 Santa Efigênia)
Ingressos e Passaportes:
R$25 preço por dia antecipado / R$ 30 preço por dia na portaria / R$45 passaporte para dois dias / R$55 passaporte para três dias / R$ 65 passaporte para os quatro dias (Passaportes limitados e a venda somente na loja 53HC)
Classificação:
Menores de 18 anos somente acompanhados pelos pais. Pais que acompanharem seus filhos menores não pagam entrada.
Pontos de Venda:
53HC: Rua Rio de Janeiro 630, loja 53, Centro (31) 3271 7237/ Pieta Tattoo – rua Paraíba 1441, Savassi (31) 3281 4441 / Lapa Multshow: Rua Alvares Maciel 312 Santa Efigenia (31) 3241 2074
Informações: (31) 3271 7237

4 comentários :