Instagram

26 de maio de 2009

Seus CDs à venda na Amazon

Do Miguel Caetano, de Portugal, no Remixtures:

"'Quem é que precisa de uma editora discográfica quando qualquer artista pode colocar à venda os seus próprios CDs na Internet?' Eis em poucas palavras a nova proposta da distribuidora digital TuneCore. Mas infelizmente parece que mesmo no novo ecossistema da música os intermediários continuam a ficar com o grosso do dinheiro.

A Amazon aliou-se à TuneCore para disponibilizar aos seus artistas e bandas um serviço de impressão de CDs a pedido através da plataforma CreateSpace lançada em Setembro de 2008 pela empresa de comércio electrónico.

Graças a esta parceria que entrará em vigor a partir de 1 de Junho os clientes da TuneCore terão que pagar apenas 31 dólares (cerca de 22 euros) para colocarem à venda no site da Amazon um CD composto por dez faixas durante um período de um ano.

Este montante engloba o custo de manutenção e alojamento dos CDs físicos (20 dólares), uma tarifa de 99 cêntimos por cada música mais outros 99 cêntimos para alojar o álbum online. O preço já inclui tanto a impressão, como a imagem de capa e os custos de envio postal do disco aos utilizadores.

O negócio parece atraente mas o problema é que apenas 40 por cento das receitas geradas com as vendas dos CDs vão para o bolso dos artistas, como aliás poderão aqui comprovar. Os restantes 60 por cento acabam na mão da Amazon.

A única vantagem é que o artista detém alguma margem de manobra em relação ao preço a cobrar por cada CD aos consumidores que pode ir desde os 8,98 dólares aos 19,98 dólares (6.40 e 14,30 euros, respectivamente). Se por um lado o artista apenas precisa de vender nove CDs ao ano para obter lucro, por outro há que ver que por cada CD vendido pelo menos cerca de 5,59 dólares (quatro euros) vão sempre para a Amazon. Ora, tendo em conta que um CD pode ser impresso por menos de um euro e meio, a margem de lucro da Amazon não será demasiado elevada? Por outro lado, a proposta da TuneCore e da Amazon não é lá muito vantajosa para quem quiser distribuir CDs a estações de rádio ou vendê-los à entrada dos concertos.

De qualquer forma, actualmente qualquer artista que esteja interessado em vender CDs no site da Amazon já pode fazê-lo por conta própria a troco de 4,95 dólares (3,50 euros) A este valor somam-se uma percentagem de 15 por cento das vendas numa loja eStore ou de 45 por cento das vendas no próprio site da Amazon."

(Foto: stonehouse segundo licença CC-BY-NC-SA 2.0)

3 comentários: