Instagram

5 de fevereiro de 2009

Opções para o final de semana

Nesta sexta, em BH, a hypada Dead Lover´s Twisted Heart lança seu primeiro EP, em vinil, com show especial no Studio Bar. Além do show, a noite terá três DJ´s tocando sons exclusivamente em vinil: Gabriel "Rrrrock" Thomaz (vocalista e guitarrista do Autoramas), jjbz e Luiz PF. O EP homônimo, que tem cinco faixas e é o primeiro lançamento do selo mineiro Vinyl Land Records, estará à venda com preço promocional de R$ 10. Entrada: R$ 12.







Em São Paulo, a Dissenso, mistura de estúdio, selo, atelier e loja, realiza no sábado e domingo uma Feira de Arte Independente. Além dos produtos em exposição e à venda (como camisetas, toy arts, gravuras, zines, pôsteres, fotografias e outros), haverá shows das bandas de pós-rock Herod Layne (que em março estará em turnê pelo Canadá) e Hoping to Collide With. A entrada é gratuita em ambos os dias e a programação acontece das 14 às 20h, na própria Dissenso, localizada na Rua dos Pinheiros, 747.

E de volta a BH, na noite de sábado acontece mais uma FF >> Festa à Fórceps na Obra, desse vez com shows do Radiotape e Ruído Jack. Tudo gente safada. Os shows começam às 22h e depois da meia-noite o som é por conta dos DJs B-Flogin, Amplis e Charchar. Gente do mesmo naipe.

Ps.: por motivos de (in)sanidade mental, não cuido mas da arte visual dos eventos do Fórceps. Estou focando minha energia no núcleo de ações fodonas/megalomaníacas, que requer toda a minha energia.

Ps2.: não tem grana para ir nenhum evento? Não sai de casa por falta de bufunfa? Seus problemas acabaram! Chegou o Guia Meio Desligado para picaretas pobretões.

Lição n°1: crie um email desses e finja que você é recém-contratado para um novo projeto do jornal, criado devido ao booom da música independente nacional.

Todas as outras lições, da número 2 à 327, estão na edição completa lançada em papel toalha cor marfim, disponível para compra via internet. Favor entrar em contato via comentário. Observação: o livro levará 92 dias para chegar pois é feito à mão por um grupo religioso do Camboja que só trabalha nos feriados.

4 comentários: