Pesquisar este blog

Carregando...

25 de novembro de 2008

BH Music Station

Conversando com pessoas que já frequentavam shows de rock durante a década de 90 em Belo Horizonte (enquanto eu ia a shows excelentes como Maurício Mattar, Banda Eva, Eliana e Raça Negra, graças ao excelente gosto musical dos meus pais), dois eventos são constantemente citados como históricos: a única edição do festival BHRIF – Belo Horizonte Rock Independent Fest, no qual o Fugazi fez um show gratuito histórico na Praça da Estação, no centro da capital; e o Carlsberg Music Station, (que é lembrado não pela programação, mas pelos locais dos shows) festival realizado simultaneamente em estações de metrô de BH. Enquanto uma nova edição do primeiro festival citado mostra-se improvável (apesar dos boatos de sua realização cerca de 3 ou 4 anos atrás e que acabaram permanecendo apenas como boatos, infelizmente), o segundo evento retorna a partir do próximo final de semana, desta vez intitulado BH Music Station (alguém explica a razão do título em inglês, por favor?).

Marina de La RivaO festival será realizado em quatro sábados consecutivos, a partir de 29 de novembro, em quatro estações do metrô: Santa Inês, Minas Shopping, Vilarinho e Central (por onde deverá ser feito o embarque). Os principais artistas da programação são Tom Zé e Nação Zumbi, porém isso não significa que sejam os mais interessantes (ainda mais se levarmos em consideração que ambos se apresentam na cidade com frequência). Aos interessados em conferir algumas das bandas que vêm se destacando longe do mainstream e que raramente (ou nunca) se apresentam em Belo Horizonte, as sugestões sãos os shows do Fino Coletivo (estação Santa Inês, 6 de dezembro), BossaCucaNova (estação Vilarinho, 6 de dezembro) e Marina de La Riva (estação Santa Inês, 13 de dezembro). A parceria entre Arnaldo Antunes e Edgard Scandurra (estação Santa Inês, 29 de novembro) também é altamente indicada.

A programação geral é mediana e grande parte dos artistas locais selecionados é ainda mais questionável. De qualquer forma, dá para se escolher ao menos um bom show em cada dia do festival para acompanhar (apesar do preço um pouco salgado, R$ 30 a meia-entrada).


Programação

29 de novembro (sábado)

Palco Santa Inês
00h15 – Arnaldo Antunes e Edgard Scandurra
Palco Minas Shopping
00h15 – Chico Amaral
Palco Vilarinho
00h30 – Nação Zumbi
2h – Clube do Balanço

6 de dezembro (sábado)

Palco Santa Inês
00h15 – Fino Coletivo
Palco Minas Shopping
00h15 – The Dead Rocks
Palco Vilarinho
00h30 – O Teatro Mágico
2h – BossaCucaNova

13 de dezembro (sábado)

Palco Santa Inês
00h15 – Marina De La Riva
Palco Minas Shopping
00h15 – Tattá Spalla
Palco Vilarinho
00h30 – Vander Lee e Lokua Kanza
2h – Tom Zé

20 de dezembro (sábado)

Palco Santa Inês
00h15 – Marina Machado
Palco Minas Shopping
00h15 – Erika Machado
Palco Vilarinho
00h30 – Ana Cañas
2h – Móveis Coloniais de Acaju
3h30 – Jack Tequila

Serviço:
BH Music Station
Data: 29 de novembro; 6, 13 e 20 de dezembro (sábados)
Locais: Estações do Metrô de Belo Horizonte: Santa Inês, Minas Shopping e Vilarinho.
Entrada obrigatória pela Estação Central – Praça da Estação, Centro, BH/MG.
Horário: a partir das 00h15.
Ingressos: R$ 30,00 (meia-entrada) – à venda nas lojas Claro do BH Shopping, Loja Claro da Savassi, Shopping Cidade, Itaú Power Shopping e Minas Shopping.

18 comentários :