Pesquisar este blog

Carregando...

8 de outubro de 2008

Demosul 2008

Em uma abordagem simplista os festivais independentes brasileiros poderiam ser divididos em dois grupos: os que são suficientemente interessantes a ponto de você viajar para outro Estado e aqueles que não aumentam os lucros da Itapemirim. Realizado em Londrina, Paraná, nos dias 10 e 11 de outubro (além de uma estranha primeira noite com shows do Kid Vinil, Mama Quilla e Céticos, na semana passada), o festival Demosul deste ano está inserido no segundo grupo.

A principal atração do festival é o Mudhoney, grupo proto-grunge de Seattle, ícone da explosão ruidosa e da transição do rock alternativo para o mainstream musical nos anos 90. O restante da programação é majoritariamente formada por bandas do sul brasileiro e que, em sua maioria, não têm participação expressiva em outros festivais. Essa é a função mais interessante do DemoSul: dar visibilidade às bandas locais. Aliás, esta vem sendo uma das principais ações dos festivais independentes Brasil afora: selecionar expoentes das cenas musicais locais e permitir que tanto a mídia especializada como o público de outras regiões tenham contato com esses artistas. A partir das programações dos festivais é possível se ter uma noção da atual produção musical independente no Brasil.

Programação

10 de outubro
Mudhoney (USA)
Madame Saatan (Belém / PA)
Vandaluz (Patos de Minas / MG)
Cassim & Barbária (Florianópolis / SC)
O Lendário Chucrobillyman (Curitiba / PR)
Mescalha
220 Ska Bar
Flattermaus
Droogies
New Ones

11 de outubro
Nação Zumbi (PE)
Palangueto (Buenos Aires / ARGENTINA)
Pata de Elefante (Porto Alegre / RS)
The Name (Sorocaba / SP)
Subburbia (Curitiba / PR)
A VI Geração da Família Palim do Norte da Turquia (Maringá / PR)
Terra Celta
Batuque Muamba Fun
Fabulous Bandits
Trilöbit

Nenhum comentário :