Pesquisar este blog

Carregando...

18 de outubro de 2008

"Faça o que eu digo, não o que eu faço"

O repórter da Abril pergunta ao Rick Bonadio qual dica ele daria para uma banda que está começando e ele responde: "Seja original, não copie ninguém". Piada pronta. Eu poderia parar por aqui e deixar você rolar de rir sozinho agora. Mas a entrevista tem desdobramentos ainda mais engraçados.

Sobre a música independente brasileira, Bonadio disse que o momento é "muito ruim", que os "festivais independentes são péssimos" e (A MELHOR PARTE DE TODAS) que "falta criatividade e letra". Huhahhahaha. Esse comentário, vindo do produtor de pérolas da intelectualidade e da originalidade musical brasileira como Tihuana ("Então pula, pula, filha da.. pula!") e Dogão ("Uh uh, Dogão é mau, Dogão é mau"), faz o maior sentido. Isso sem contar que ele trabalha (ou trabalhou) com artistas super vanguardistas, tipo NX Zero, CPM 22 e Charlie Brown Jr (acho que nunca citei tantas bandas ruins em um único post, estou começando a me sentir mal...).

Para completar, a Wikipédia aponta a lista de álbuns nos quais Bonadio é citado como compositor, entre os quais estão os títulos:
É Duro Ser Et
Etéia Mocréia
Miau Miau
Crianças Não morrem
Pá Pá Lá Lá
Blá Blá Blá
Não Diga Palavrão
Hoje Sou Seu Popstar
Meu Bichinho Virtual

Sem contar que outros álbuns possuem títulos bem...digamos, sugestivos, como:
Te Deixo Tocar
Tudo Que Você Quiser
Soltar Faz Bem
Foi Há Muito tempo Atrás

Os comentários de Bonadio renderam até outra matéria no portal da Abril, "Ausência de Rick Bonadio não o credencia para fazer críticas, dizem os independentes", na qual músicos e produtores da cena indie respondem, mas foi algo desnecessário. Bastava uma busca no Google sobre o sujeito para saber que ele tem uma opinião bem peculiar em relação à música, que difere um pouco daqueles que tem a qualidade como principal objetivo.

Mesmo assim, seu comentário sobre a "falta de letra" me criou uma dúvida: será que ele olhou rapidamente as programações de alguns festivais e resolveu ouvir Macaco Bong, Pata de Elefante e Fóssil, bandas com forte presença nesse circuito? Se esse for o caso, alguém mande um aviso: "Rick, essas bandas são instrumentais".

Ps.: Se ele ouviu apenas Lucy and the Popsonics e daí tirou suas conclusões, concordo com tudo que ele disse.

6 comentários :