Pesquisar este blog

Carregando...

30 de agosto de 2008

Eletronika 2008: Fernanda Takai + Maki Nomiya e Vanguart

Se João Gilberto fizesse um show em Belo Horizonte hoje, ele provavelmente aconteceria no Grande Teatro do Palácio das Artes. Sabendo disso, qualquer um se espanta, ao menos um pouco, ao saber que este é o palco principal dos shows do Eletronika 2008, recebendo bandas da cena alternativa brasileira como Hurtmold, Curumim e Vanguart. A estréia do festival, no entanto, não foi tão chocante e teve como mestre de cerimônias o ícone unânime da fofura do pop nacional: Fernanda Takai.

Em apresentação baseada em seu primeiro e elogiado álbum solo, Onde brilhem os olhos seus, homenagem à Nara Leão, a vocalista do Pato Fu contou com a participação da japonesa Maki Nomiya, ex-Pizzicato Five, e tocou para uma platéia que talvez tenha enchido pouco mais da metade do teatro, sendo formada basicamente por convidados e membros da imprensa.

Calmo e singelo, com canções que transitavam entre a bossa revisitada com toques nipônicos e trechos que poderiam ter sido extraídos de algum CD do Air ou de alguma trilha sonora de James Bond, o show ficou um pouco mais acelerado a partir da entrada de Nomiya, em uma música que poderia ser perfeitamente descrita como "Shaft versão anime".

As duas vocalistas dividiram o palco durante cerca de 20 minutos, tempo em que aproveitaram para também cantar uma canção do Pato Fu, "Made in Japan", abrindo uma exceção nos shows solo de Takai, que não costuma tocar músicas de sua banda principal.

Tudo muito bonitinho e fofo. Exceto a breguíssima cantora japonesa, claro, com vestido e penteado horrorosos e que chegavam a dar medo (poderiam ser utilizados em algum filme do Tim Burton), que me obrigaram a sair do teatro e comprar algumas cervejas no mercado negro (fora do Palácio) para tirar as pavorosas imagens da cabeça.


Vanguart
Cerca de 40 minutos depois e com menos da metade do público do show anterior (os convidados e VIPs que foram apenas dar o luxo de sua presença para a abertura do festival foram embora), o Vanguart começou seu show com o hit "Cachaça", de cara já animando o público mais do que qualquer momento do show anterior e incitando a platéia a se levantar e dançar em frente ao palco.

Fizeram seu show competente e agradável de sempre mas que, ao menos para mim, não justifica metade do hype em torno da banda.

Foto: Marcelo Santiago

Nenhum comentário :