Pesquisar este blog

Carregando...

15 de janeiro de 2008

Entrevista com o coletivo Fórceps no Pílula Pop

Eu, a Cacau e o Leo, também conhecidos como Fórceps, demos uma entrevista há alguns dias para o pessoal do Pílula Pop e agora ela está no ar. A chamada de capa é: "Fórceps é um coletivo formado por três pessoas que querem transformar um Jota Quest em vinte Macacos Bongs. Leo, Cacau e Marcelo contam a história (ou pelo menos seu primeiro capítulo)".

Fórceps na capa do Pílula PopNa entrevista você descobre mais sobre o que é Fórceps e quais os objetivos, Grito Rock, movimentação na cena alternativa e alguns dos nossos projetos megalomaníacos (tudo carregado da usual prepotência irônica).

Para ter uma idéia um pouco mais concreta do conteúdo, abaixo você confere parte da minha resposta e da do Leo sobre o Escambo, festival que realizamos em dezembro de 2007, explicando o que aprendemos com o festival e quais os seus objetivos.
"Marcelo: Eu aprendi que é uma ótima idéia acompanhar a previsão do tempo nos dias que antecedem um festival; que encontrar antigas paixões durante um show ruim pode ser uma ótima coisa, já que assim você tem desculpa para conversar em outro lugar; que punks de butique têm medo de pegar chuva para não atrapalhar o moicano; e que as pessoas costumam ser apenas mal-informadas, não burras.
Leo: Não dá pra esperar que surjam trabalhos interessantes se as pessoas não conhecem as músicas das bandas e vão aos shows pra ficar pedindo pra tocar Raul, Nirvana e Iron Maiden. A intenção é fazer com que as pessoas entendam que o mercado independente é viável e possui qualidade. Para isso elas precisam conhecer o que está sendo produzido no resto do país e na sua própria cidade.
Não estamos trabalhando para criar um Jota Quest, mas 20 Macaco Bong."
+ Leia a entrevista completa.

2 comentários :