Pesquisar este blog

Carregando...

29 de maio de 2007

independência 2.0: Jamendo

{ Esta é uma série de textos sobre sites e serviços da chamada web 2.0 que podem ajudar bandas independentes a divulgar seus trabalhos, também sendo úteis aos fãs destas mesmas bandas e aos interessados em música, no geral }

Jamendo é um site que funciona como uma espécie de gravadora online e tem um modelo singular de funcionamento: nele, artistas de todo o mundo disponibilizam álbuns inteiros e podem receber doações de ouvintes que gostarem das músicas.

Outro diferencial é que os álbuns podem ser licenciados através do Creative Commons, facilitando a disseminação das obras.

É um modelo extremamente interessante, mas que deve funcionar muito melhore nos países desenvolvidos: a pessoa escuta e faz o download de quantas músicas quiser, de graça. Caso goste muito de um artista, a própria pessoa decide quanto pagá-lo.

O Jamendo surgiu em Luxemburgo e, apesar de ter o francês como língua principal, tem versões em diversos outros idiomas, como o português, espanhol, alemão, inglês e russo. Atualmente são mais de 3400 álbuns publicados e pouco mais de 123 mil membros ativos em sua comunidade. É interessante também o número de resenhas dos álbuns escritas pelos usuários, ultrapassando a marca das 38 mil.

Assim como o iJigg (abordado aqui anteriormente) o Jamendo também disponibiliza players (exemplo abaixo) para serem postados em blogs e sites, seguindo a atual tendência de serviços deste tipo.



As tags mais populares são electro, rock, ambient e experimental. A partir daí já se é possível formular uma idéia sobre os usuários do Jamendo, apesar de diferentes vertentes da música eletrônica também marcarem forte presença.

Entre os representantes brasileiros no Jamendo, merecem destaque os eletrônicos Gerador Zero e Retrigger, além do ambient-punk da P.U.T.A..

Para acabar com qualquer outra dúvida, leia o FAQ do site.

Nenhum comentário :